Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Biotrigo

Segunda-feira, 13 de maio de 2019

Sindicato Rural começa semana no ritmo do Rally promovido pela Agrária!

Neste ano em sua quarta edição, evento surgiu para destacar a importância de uma agricultura que preserve o solo e a água

 

O Sindicato Rural de Guarapuava iniciou a semana já no ritmo do 4º Rally de Uso e Conservação do Solo e da Água, da Cooperativa Agrária. Na manhã desta segunda-feira, 13 de maio, aconteceu na entidade a adesivagem de alguns dos veículos que participarão da prova. 

Quem compareceu para esta etapa preparatória foi o agrônomo João Cristiano Groszko, que trabalha como gerente de uma propriedade rural da região. Ele se disse “animado e ansioso” para sua primeira participação no evento e lembrou que o tema do rally é a base para a sustentabilidade da atividade rural. “É uma prática hoje muito importante e fundamental para a estabilidade do agronegócio. A gente não consegue pensar mais em sustentabilidade se não pensar em conservar o solo primeiro. Saber trabalhar com ele. Costumo dizer que o solo é a galinha dos ovos de ouro do agricultor”, declarou. 

O tema da conservação do solo e da água também despertou o interesse de João Rafael Marczal para a competição. Natural de Palmas (PR) e residindo há quatro anos em Guarapuava, onde estuda agronomia no CEDETEG, ele também compareceu para a adesivagem no Sindicato Rural.

Participando igualmente pela primeira vez, o jovem contou que já na faculdade seu interesse está focado numa agricultura que preserve os recursos naturais. “Minha expectativa está bem grande. Meus projetos na graduação já são quanto a isso, trabalho com projeto da Prosolo, que visa manejo e conservação de solo e água”. 

Na Cooperativa Agrária, que promove o rally, a adesivagem ocorreu na última sexta-feira, 10. 

Neste ano em sua quarta edição, a prova, como destacam os organizadores, vem com algumas novidades. A época de realização passou para o mês de maio. Além disso, a pontuação dos participantes será definida não só por dirigir os veículos segundo os princípios de um rally de regularidade, mas também por cumprirem corretamente, ao longo do trajeto, atividades educativas ligadas à conservação do solo e da água na agricultura. 

De acordo com a Agrária, o evento tem por objetivo concentrar a atenção do participantes para a necessidade de utilizar técnicas conservacionistas, tais como a cobertura outonal, para proteger o solo nos períodos em que não há cultura comercial estabelecida. 

O rally está programado para o dia 21 de maio, com largada e chegada no distrito de Entre Rios. A saída será por volta das 9h, na FAPA, com o encerramento previsto para o final da tarde, no Parque Recreativo Jordãozinho. Mas o trajeto, de cerca de 200 quilômetros, percorrerá a região. 
Apoiam o evento: Adama, BASF, Bayer, Pioneer, Sindicato Rural de Guarapuava, Sistema FAEP e Unicentro (Universidade Estadual do Centro-Oeste).

 

 

 

 

Na imagem: o agrônomo João Cristiano Groszko

(Foto: Sindicato Rural de Guarapuava/Comunicação)

 

 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Biotrigo