Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Agrotis

Quarta-feira, 15 de maio de 2019

SENAR-PR desenvolve novos cursos para produtores de aves

Formações contam com o que há de mais atualizado no manejo em granjas. Primeiras turmas irão a campo a partir de 2020

Líder absoluto na exportação de carne de frango no Brasil, o Paraná enviou para o exterior mais de 1,5 milhão de toneladas do alimento em 2018, com uma movimentação de 2,3 bilhões de dólares, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O volume, em toneladas, equivale a 37,2% de tudo o que o país vendeu de frango ao mercado estrangeiro no ano passado. E a perspectiva, seguindo a tendência de crescimento em participação no plano nacional dos últimos 13 anos, é de que o Paraná siga no topo do ranking desse filão bilionário dentro da produção de alimentos.

A posição de protagonista do Estado nesse setor não foi conquistada da noite para o dia. O SENAR-PR investe, desde a sua criação, em formações de alto nível para os avicultores. Desde 2014, por exemplo, o curso “Operação de controladores de ambiência para aviários”, ministrado no Centro Tecnológico de Avicultura (CTA) em Assis Chateaubriand, no Oeste do Estado, já capacitou 485 produtores de aves. De 2007 a 2017, a formação “Manejo de frango de corte” atendeu a mais de 2 mil participantes. Atualmente, a capacitação passa pelo processo de atualização.

Agora, para substituir essa última formação, o SENAR-PR trabalha na formatação de três novos cursos para capacitar avicultores e trabalhadores. O objetivo é que os participantes das formações em questão sejam capazes de implantar e adotar técnicas de manejo em granjas de corte, melhorar a gestão da produção, a qualidade e a biosseguridade. Tudo isso por meio da capacitação de técnicos, funcionários e produtores, de forma a garantir o padrão de qualidade exigido pelo mercados interno e externo em todas as etapas de produção, dos alojamentos até a finalização de lotes.

Saiba mais sobre o conteúdo dos três cursos em elaboração

 “Manejo no alojamento de frangos de corte”: Os conteúdos serão voltados ao intervalo entre lotes; preparo do aviário para recebimento de animais; manejo de alojamento dos pintinhos; ambiência para primeira semana de idade; regulagens de comedouros e bebedouros; simulação de vacinação via água de bebida e metodologias de avaliação da eficiência do desenvolvimento das aves.

“Manejo no período intermediário de frangos de corte”: Ambiência a partir da segunda semana de idade até pré-abate; regulagens de comedouros e bebedouros; gestão de controles produtivos e documentos da granja e manejo de cama durante o lote em andamento.

“Manejo pré-abate de frangos de corte”: Gestão no controle do consumo da ração de retirada; manejar o pré-abate; manejo de luz durante o pré-abate; ambiência durante o pré-abate e carregamento das aves.

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Agrotis