Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

Coopertradição promove dia de campo voltado à cultura de trigo

Produtores rurais puderam conferir as novidades de cultivares para a próxima safra

Dentre os cultivos de cooperados da Coopertradição está o trigo. A cultura de inverno sempre foi incentivada pela cooperativa, principalmente nas regiões de Guarapuava e Candói, já que apresentam um clima adequado para o bom desenvolvimento do cereal. “O trigo é uma das melhores opções para o produtor semear no inverno. Nos últimos anos, a valorização das commodities de uma maneira geral, incluindo trigo, tem trazido um retorno econômico muito bom. A Coopertradição sempre investiu, incentivando o cooperado a plantar trigo”, afirmou o vice-presidente da cooperativa, Gelson Corrêa.

Parte das ações de incentivo são os dias de campo realizados pela Coopertradição para os produtores da região, que visam disseminar informação e as mais recentes tecnologias para auxiliar no planejamento para a próxima safra.

O último evento foi realizado no dia 17 de novembro, na Fazenda Capão Redondo, propriedade do agropecuarista Rodolpho Botelho, localizada em Candói (PR). “Hoje há cultivares extremamente produtivas, que o produtor tem resultado econômico extraordinário. Os dias de campo servem para isso: para que ele veja uma situação de campo, de outro produtor e o retorno com a cultura. Todo ano temos cultivares novas, com tetos de produtividade melhor, com qualidade industrial superior. Por isso, é importante o produtor se manter atualizado”, comentou Corrêa.

O vice-presidente comentou ainda que a safra de trigo 2022 no Brasil está chegando ao fim e promete ser a maior safra histórica de produção do cereal de inverno. “A expectativa é de colhermos quase 10 milhões de toneladas, tornando o país praticamente autossustentável. Tivemos anos em que precisamos importar mais de 50% da nossa necessidade. A conclusão disso é que a cultura está trazendo retorno ao produtor, por isso ele está plantando”, revelou. Corrêa ainda complementou que a expectativa para a próxima safra é que esse quadro de valorização da commodity deve permanecer. Por isso, a Coopertradição vai continuar incentivando o plantio de trigo.

 

Cultivares de trigo em evidência para a região

Duas empresas voltadas ao melhoramento genético estiveram presentes no Dia de Campo da Coopertradição: Biotrigo e OR Sementes que apresentaram as novidades de cultivares para a próxima safra e também aquelas que tiveram um bom desempenho na região em 2022. Confira:

 

Biotrigo Genética

Johny Brito – representante comercial

“A Biotrigo, sempre preocupada com a rentabilidade dos produtores, a cada ano vem trazendo novas ferramentas e tecnologias. No dia de campo trouxemos algumas novidades para a próxima safra, que são o TBIO Calibre o XBIO Fusão. Resumidamente, o TBIO Calibre é uma cultivar de ciclo super precoce, com maior potencial produtivo perante as cultivares de ciclo curto. Uma ferramenta que vai encaixar muito bem para a demanda do produtor que busca ciclos mais curtos em áreas de médio a alto investimento. O XBIO Fusão é uma novidade que a Biotrigo trouxe, sendo o primeiro mix de cultivares de trigo grão que chegou no Brasil. Isso é muito comum em outros países, mas aqui ainda não acontecia. Ele é composto pelo TBIO Audaz e TBIO Sagaz. Essa junção visa trazer maior segurança e facilidade no manejo, com maior potencial produtivo para o produtor e estará disponível na próxima safra. Além dessas duas ferramentas que já estarão disponíveis no próximo ano, fizemos questão de mostrar dois lançamentos desta safra no dia de campo: TBIO Motriz e TBIO Capaz. O TBIO Motriz é de ciclo médio tardio, que deve chegar substituindo o TBIO Toruk no mercado. Para quem busca altos patamares de produtividade com uma sanidade melhor e mais facilidade no manejo, ele atende muito bem esse tipo de demanda. Vai ser um trigo que se não for o mais semeado nos próximos anos, deve estar ali no topo da classificação. O TBIO Capaz é um trigo de ciclo super precoce que vem se encaixando no segmento de trigo branqueadores. Então, compondo nosso portfólio juntamente com o TBIO Duque, além de ter alguns ganhos em sanidade, mantendo um potencial produtivo alto, TBIO Capaz vem com um ciclo diferente, mais curto”.

OR Sementes

Gustavo Chimarelli – representante comercial

“A OR Sementes está há mais de 30 anos no mercado de trigo, pioneira no melhoramento genético da cultura, onde sempre atua com compromisso e a missão de trazer qualidade. Além de maior segurança a campo, trazendo inovações e materiais que possam agregar valores, pensando em potencial produtivo, sanidade e qualidade industrial, sendo bom tanto para o produtor, como para a indústria. Atualmente, contamos com portfólio diversificado e um material para cada situação. Temos o ORS Feroz, que vem ganhando muito o mercado e tende a ser o trigo mais plantado do nosso portfólio. É um material que consegue entregar um pacote fitossanitário único no mercado, se encaixa muito bem em áreas desde alto a baixo investimento. O ORS Senna é nosso primeiro material de ciclo hiperprecoce e único no mercado. Ele conta com uma excelente sanidade e é interessantíssimo para fechamento de janela de semeadura. Temos também o ORS Guardião, um material muito interessante para áreas de alto investimento, aliando alta caixa produtiva com excelente pacote fitossanitário. Além disso, temos ORS Absoluto que é um material que se encaixa muito bem em áreas de baixo investimento e que tem uma rusticidade e sanidade muito interessante para diversas regiões. Além disso, para o futuro teremos dois materiais. O ORS Soberano, um material de ciclo médio, que se encaixa muito bem na abertura de plantio, interessante para quem busca antecipar o plantio com maior segurança. Tem um bom pacote fitossanitário e uma excelente caixa produtiva. Temos também o ORS Premium, de qualidade industrial branqueador e melhorador, que vem tendo bons resultados na região, pensando em trigos especiais. Existia uma grande demanda do mercado de um material com uma boa qualidade industrial aliada a uma sanidade muito interessante. Ele é o primeiro material do mercado com resistência genética para oídio”.

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.