Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Paran Silos

Sexta-feira, 08 de novembro de 2019

Empreendedor Rural 2019: metade dos projetos finalistas vem de Guarapuava

Resultado será divulgado no próximo dia 22 de novembro, em Curitiba

 

Guarapuava está em destaque na final do concurso estadual do Programa Empreendedor Rural (PER) 2019. Realizada anualmente pelo Sistema FAEP/SENAR, a competição é promovida entre os alunos que participam do curso Empreendedor Rural nas diversas regiões do Paraná, premiando os melhores projetos que eles elaboram para desenvolver propriedades rurais – propostas elaboradas para ser implantadas em propriedades reais. 

Por difundir conceitos de uma gestão rural empreendedora, o PER é considerado importante entre produtores e jovens do setor agropecuário, reunindo milhares de participantes em seu evento anual de encerramento no Expotrade, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (Em 2018, público foi de mais de 5 mil pessoas, de acordo com a FAEP). 

Nesta edição, em que concorreram 53 trabalhos, nove alunos das turmas mobilizadas pelo Sindicato Rural de Guarapuava conseguiram ser classificados para a grande final. Eles concorrerão apresentando nada menos do que cinco trabalhos do total de 10 selecionados nesta última etapa. Os demais finalistas são projetos de participantes de turmas do PER realizadas nos municípios de Francisco Beltrão, Terra Roxa, Nova Prata do Iguaçu, Maringá e Faxinal.  
Mesmo antes do resultado, que só será divulgado dia 22 de novembro, o Sindicato Rural e a regional do SENAR-PR em Guarapuava, que promovem em conjunto o curso Empreendedor Rural no município, já consideram como uma vitória o desempenho dos classificados. Na entidade sindical, a mobilizadora de cursos, Mery Ribas, que coordenou as inscrições, comemorou o desempenho dos participantes das turmas locais: “Para nós foi uma grata surpresa. Estávamos a par dos projetos, sabíamos que havia vários bons, mas não imaginávamos que seriam escolhidos cinco para a final, comentou. “Tivemos um trabalho classificado na turma do sindicato, um do Colégio Agrícola e três do Campus Cedeteg da Unicentro”, completou, mencionando os locais em que o PER aconteceu em Guarapuava. 

Na avaliação do presidente do Sindicato Rural de Guarapuava, Rodolpho Luiz Werneck Botelho, independentemente da premiação que vier a ser anunciada no encerramento do PER 2019, a predominância de projetos de turmas locais entre os finalistas já é um motivo de alegria para a entidade e a regional do SENAR-PR no município. “Primeiramente, vejo este acontecimento com muito orgulho. Acho que o orgulho é do Sindicato Rural, do pessoal aqui da nossa região de Guarapuava, dos instrutores, porque é um fato inédito. Uma cidade, uma região, está com 50% dos finalistas do Programa Empreendedor Rural, que abrange todo o Estado”, enalteceu.  

Botelho também viu a final como resultado do empenho dos alunos e do trabalho dos colaboradores das duas entidades: “Gostaria de parabenizar todos os participantes do Programa Empreendedor Rural, toda a equipe, quer seja de mobilização, do SENAR-PR, ou do próprio Sindicato Rural”. 

O presidente da entidade sindical dirigiu ainda seu reconhecimento às instituições de ensino que sediaram duas das três turmas do PER neste ano na cidade: “Temos que agradecer também às entidades parceiras, o Colégio Agrícola e a Unicentro”. Para ele, a qualidade que levou à final os cinco trabalhos locais demonstra o foco do programa em fortalecer o meio rural, já que os alunos têm ligação com o campo. “Isso mostra principalmente a preocupação com o futuro dessas pessoas, desenvolvendo projetos, sustentáveis economicamente, sustentáveis no ponto de vista ambiental, levando informação, conhecimento e capacitação para esses técnicos, produtores, estudantes, que estão querendo fazer um Brasil diferente, um futuro melhor”. 

 

O que é o PER

O PER – Programa Empreendedor Rural surgiu em 2003. A iniciativa, do Sistema FAEP/SENAR-PR, é promovida em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PR) e a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep). Seu objetivo é estimular o empreendedorismo nos segmentos agrícola e pecuário em todo o Estado. Para isso, todo ano o programa realiza o curso Empreendedor Rural, voltado a pessoas ligadas ao meio rural em várias regiões do Paraná. Ao longo de 136 horas, o conteúdo inclui questões como o empresário rural e suas competências, fundamentos econômicos, a família e a propriedade rural, cadeias agroindustriais, estratégias de comercialização, o setor rural e o meio ambiente e funções da administração rural, entre outros temas. Ao mesmo tempo, os alunos elaboram projetos para serem aplicados em situações reais. Os trabalhos participam do concurso Empreendedor Rural, que premia os melhores. A escolha é realizada por uma banca de profissionais com conhecimento em agronegócio. Os vencedores são anunciados no evento anual de encerramento do PER, em Curitiba. De acordo com a FAEP, ao final de 2018, o programa já havia capacitado 28 mil participantes. 

 

 

PER 2019 – Classificados para a final, dia 22 de novembro, em Curitiba (*ordem alfabética por título do projeto):

Projeto: Aumento da produção de leite
Autor: Cristiano Fankhauser
Município: Francisco Beltrão

Projeto: Galinha Feliz – Sítio do Caju
Autores: Arno Hoffmann e Valentina Hoffmann
Município: Terra Roxa

Projeto: Implantação Compost Barn – Sítio Sepultura
Autores: Alexsandro B. Rodrigues e Gilso Mis
Município: Guarapuava

Projeto: Implantação de agroindústria e biodigestor na Fazenda Vassoural 
Autores: Ana Carolina Araújo Abreu e Elouise Cristine Rodrigues
Município: Guarapuava

Projeto: Implantação de um confinamento na Fazenda São Pedro
Autores: Laíz Mara VassolerColetta e Marcelo Coletta
Município: Faxinal

Projeto: Migração da avicultura para confinamento de ovinos de corte
Autor: Thais Fernanda Gavlak
Município: Guarapuava

Projeto: Multiplicação e comercialização de sementes de aveia preta
Autor: Paloma Detlinger
Município: Guarapuava

Projeto: Otimização de terras através da integração: pecuária/ovinocultura/floresta
Autores: Igor Gabriel Modesto Dalgallo e Mariane Koepke
Município: Guarapuava

Projeto: Projeto incremental “Cachaça artesanal Nova Prata”
Autor: Ana Paula Rodrigues
Município: Nova Prata do Iguaçu

Projeto: Sítio Camilo & Coelho: Implantação sistema de rotação de pastagens e piqueteamento
Autor: Eduardo Camilo Coelho
Município: Maringá

 

 

 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Paran Silos