Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Pioneer

Sexta-feira, 10 de maio de 2019

Produtores participam de curso de AP - Operação de Drones

No mês de março, o Sindicato Rural de Guarapuava em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) ofertou a primeira turma do curso Trabalhador na Agricultura de Precisão – Operação de Drones.

Atento às transformações do campo por meio das tecnologias, o SENAR-PR vem disponibilizando a capacitação desde o início deste ano, com o objetivo de apresentar e colocar à disposição dos produtores do Estado todas as potencialidades dos drones na atividade agrossilvipastoril.

Atualmente, seis instrutores estão habilitados a ministrar o curso em todo o Paraná. Em Guarapuava, o curso foi ministrado por Pelisson Kaminski. “O curso ajuda o usuário (produtor) a operar de forma básica, algumas técnicas de pilotagem e aquisição de imagens que servirá de base para uma análise”. Ele obseva que vendo a propriedade por outra perspectiva, o produtor rural tem a oportunidade de melhorar a sua assertividade na tomada de decisão, seja ela na lavoura ou na pecuária.

O produtor rural, Tjago Gavanski foi um dos participantes da primeira turma do curso. “Me interessei para obter mais conhecimento nessa área de drones e ter uma noção da agricultura de precisão com a utilização desse equipamento. O drone ajuda a ter uma visão mais ampla da propriedade, a fazer o mapeamento da área, identificar falhas no solo para se fazer uma correção, já que a olho nu não conseguimos ver por completo. Ajuda também a identificar problemas na lavoura, como pragas e doenças, se tem algum problema de estresse hídrico ou falhas nas linhas de plantio”.

Apesar de ser mais comum o drone ser utilizado para agricultura, Gavanski observou muita utilidade também na pecuária. “Ajudará no controle dos animais, na manutenção da pastagem e até mesmo para contagem dos lotes e na alimentação dos mesmos, observando cochos com rações, se estão vazios ou não, por exemplo”.

Alguns dos conteúdos abordados durante os três dias de curso, foram tipos de plataforma e suas características, principais sensores dos drones, componentes da aeronave, órgãos regulamentadores: Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e Ministério daDefesa (MD), legislação vigente, boas práticas de segurança, checklists para operação de drones, técnicas de pilotagem, noções básicas de processamento digital de imagens e Sistema de Informação Geográfica (SIG).

Novas turmas para o curso de Operação de Drones estão sendo formadas. Se você tem interesse, basta ligar no (42) 3623-1115 e obter mais informações, com a mobilizadora de cursos do Senar, Mery Ribas.     Todos os cursos do Senar são gratuitos e destinados a produtores rurais e trabalhadores rurais.

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Pioneer