Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Grupo Pitangueiras

Sexta-feira, 11 de março de 2022

Empresa contrata touro de propriedade em Candói, para comercialização de sêmen.

A pecuarista Vânia Elisabeth Cherem Fabrício de Melo é a quinta geração da sua família, que tradicionalmente, sempre foi envolvida com a pecuária de corte. Na Fazenda Limoeiro, município de Candói (PR), a atividade sempre foi levada a sério.

Quando Vânia assumiu não foi diferente. Criadora da raça Aberdeen Angus, anteriormente, ela fazia um sistema de produção que denominava semi-confinamento. Há seis anos, a produtora começou a fazer recria e genética.  “Eu vim me adaptando para fazer uma pecuária moderna. Não é fácil fazer tudo de uma vez, mas passo a passo vim seguindo para este caminho. Comecei a fazer cursos, conhecer programas, adquirir conhecimentos e me adaptando a esta realidade. Sempre tive gado de cria, mas comecei a fazer uma genética mais aprimorada no meu gado de campo. Então, hoje eu tenho o gado de campo e de genética”, conta.

A produção anual da fazenda hoje, é de, em média, 200 bezerros e 30 touros de genética. Como reconhecimento da qualidade, em 2021, um dos touros da Fazenda Limoeiro foi procurado para que fizesse parte do banco de sêmen da Alta Genética, o Valente Angus da Limoeiro 179, filho de  Bushs Easy Decision 98 e Delícia Density da Rio da Paz TE.

O gerente de Produto Corte Taurino da Alta, Miguel Abdalla destaca alguns pontos que fizeram com que empresa procurasse o Valente Angus da Limoeiro para integrar o catálogo. “O touro tem uma excelente régua de DEPs (Diferenças Esperadas na Progênie), pedigree consistente. Além do fenótipo muito interessante, touro de muito tamanho, comprimento e volume corporal. E claro, a origem. Sabemos o quanto a seleção da Limoeiro é criteriosa, o que nos dá muita segurança na utilização dos animais vindos de lá”.

Uma das maiores centrais de coleta de sêmen do Brasil, atualmente, é da Alta Genetics. Os sêmens ficam na Progen Inseminação Artificial, que tem sede em Dom Pedrito (RS).

Abdalla conta que a seleção de touros para entrar no catálogo de sêmens da empresa passa por diversas análises. “Primeiro analisamos a necessidade de mercado, o que estão nos demandando. A partir daí, conseguimos identificar o perfil do touro e com isso busca-se os criatórios mais sérios e rígidos, que fazem a seleção de forma correta. Isso tudo para que possamos garantir segurança para nosso cliente e parceiro”.

Reconhecimento dos clientes

Vânia afirma que pensa estar no caminho certo já que o trabalho sério e a dedicação para a genética de qualidade tem ganhado o reconhecimento de seus próprios clientes. “Meus primeiros clientes já voltaram comprar, então isso quer dizer que os animais são de qualidade”, comenta.

Para ela, pecuaristas que desejam fazer uma genética de qualidade devem levar em consideração alguns fatores que são essenciais. “Para entrar nesse mercado de genética, em primeiro lugar você tem que querer muito, porque é preciso dedicação. Tem que trabalhar muito e ser muito sério. E é imprescindível saber fazer descarte. Se não está no padrão, tem que descartar. Se não tem DNA e não tem físico padrão, é preciso fazer descarte. Contratar sêmen de alta qualidade. Além disso, é preciso ter um rebanho sadio, com um controle muito grande de carrapatos e de qualquer doença que venha a se instalar no rebanho”, pontua. 

Além destes itens, Vânia relata que faz avaliações de Promebo, Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne Brasileiro e o Clarifide, que é um exame que revela muitos detalhes dos animais, como se fosse um DNA. A análise deste último vai para os Estados Unidos e volta com um laudo com informações como o crescimento, a desmama, a parte de posterior, percentual de gordura dos animais, entre outras. “Isso dá uma segurança muito grande, tanto para mim, quanto para o comprador. Ali ele consegue ver se é isso mesmo que ele quer incorporar no rebanho dele”, declara.

Como ambições futuras, a pecuarista conta que além de manter a qualidade do rebanho, tanto do gado de campo, como dos touros de genética, ela pretende fazer um leilão exclusivo da Fazenda Limoeiro em 2022. Com isso, quer ganhar mais ainda mercado na região e também em outros locais do Paraná e até de outros estados.

 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Grupo Pitangueiras