Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Agrichem

Quinta-feira, 15 de março de 2018

Após ano positivo, setor triticultor paulista se reúne para debater os próximos passos do grão no estado

Reunião da Câmara Setorial do Trigo será realizada no dia 28 de março, em São Paulo (SP)

   Diante dos bons resultados alcançados na safra de 2017, o setor triticultor paulista se reúne na capital do estado, no dia 28 de março, para a primeira reunião da Câmara Setorial do Trigo, que debaterá o crescimento da produção e as expectativas para este ano. O encontro será realizado na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, às 10 horas.

   O trigo paulista registrou um crescimento na produção da safra em 2017 na casa dos 10%, com volume produzido de 266 mil/ton de trigo, número acima de 2016 que registrou 240 mil/ton. “Na primeira reunião da Câmara Setorial pretendemos demonstrar ao setor, principalmente aos produtores, neste momento importante de decisão sobre o plantio da safra de inverno que o trigo é uma alternativa interessante de acordo com o cenário atual de preços”, destaca o presidente da Câmara Setorial, Maurício Ghiraldelli. 

   A conjuntura do trigo e o câmbio será apresentada na reunião por Pedro Sampaio, da Gavilon Group, além do reporte das cooperativas, que definirá as estimativas de números para a safra 2018. “Diante do atraso da colheita da safra de verão, por conta do clima, imaginamos que poderemos ter algum aumento na área de trigo. Essa informação será confirmada com os números que serão apresentados pelas cooperativas durante a reunião”, afirma Maurício. 

   Para o presidente do Sindustrigo, Christian Saigh, o trabalho da Câmara Setorial do Trigo é um dos principais responsáveis pelo crescimento da cultura no estado, que hoje é o terceiro maior produtor do país. “O trigo paulista tinha uma presença pequena no mercado por conta da baixa qualidade apresentada no produto final, cenário que foi alterado com a retomada da Câmara Setorial há quatro anos. Conseguimos reunir todos os elos de produção do grão e, por meio do diálogo, reduzir a quantidade de variedades cultivadas e elevar a qualidade do trigo paulista”, ressalta Saigh. 

   “Ao longo desses anos colhemos bons resultados com as reuniões, que estão se refletindo no crescimento do trigo no estado. Nosso trabalho agora é se concentrar no cultivo de novas variedades, que atendam os anseios da área produtiva e do consumidor final. Nosso objetivo é transformar São Paulo em referência de qualidade para o país”, finaliza Maurício. 

 

 

SERVIÇO

Câmara Setorial do Trigo
Data: 28 de março
Horário: 10h
Local: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo - Praça Ramos de Azevedo, 254 – República São Paulo – 4º andar – São Paulo (SP).

 

 

 

 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Agrichem