Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Maxorgami

Sexta-feira, 04 de agosto de 2017

Sindicato Rural de Guarapuava e Senar apresentam resultados do curso de MIP na região

 
   O SENAR-PR e o Sindicato Rural de Guarapuava promoverão, no próximo dia 11 de agosto, às 19h, no anfiteatro da entidade sindical, reunião de apresentação de resultados do curso Manejo Integrado de Pragas na soja (MIP).
 
   Lançado pelo SENAR-PR ano passado e realizado em Guarapuava e região de setembro de 2016 a fevereiro deste ano, o curso teve como principal objetivo divulgar, entre produtores rurais e profissionais do campo, a utilização da técnica de MIP – uma forma de manejo de lavouras que visa reduzir o número de aplicações de defensivos, para que a agricultura possa diminuir custos e ao mesmo tempo contribuir para a sustentabilidade ambiental. 
Fazendo parte de uma série de cursos de MIP promovidos em várias regiões do Paraná, o de Guarapuava, ministrado pelo instrutor Edson Márcio de Siqueira, capacitou 14 participantes. Ao todo, foram 12 encontros de campo, alternados em sete propriedades. 
 
   Coordenador dos cursos do SENAR-PR para Guarapuava e região, Aparecido Grosse comenta que o MIP é uma técnica importante e ressalta que o evento em agosto é aberto tanto aos produtores rurais quanto a agrônomos e estudantes de carreiras ligadas à agricultura. 
 
   Na apresentação, estará presente ainda a responsável pelos cursos de MIP do SENAR no Paraná, agrônoma Flaviane Marcolin de Medeiros, que em agosto do ano passado lançou o curso na região, num encontro ocorrido também no Sindicato Rural. Logo após a divulgação dos dados, o SENAR pretende sensibilizar os participantes para participarem de uma nova turma, para a safra de soja 2017/2018. O Sindicato Rural de Guarapuava fica na Rua Afonso Botelho, nº 58, no Bairro Trianon. 
 
 
 
 
 
 
 
(Foto: curso MIP)
 
 
 
 
 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Maxorgami