Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Paran Silos

Quarta-feira, 13 de junho de 2018

CEO´s Global e Brasil da UPL visitam a COOPERFIBRA

Com intuito de abrir as portas da agricultura brasileira para o comércio indiano, a UPL visitou a Cooperfibra em maio e pôde conhecer todo o processo do cultivo à comercialização de algodão presente na região de Campo Verde, MT.

A Cooperativa dos Cotonicultores de Campo Verde (Cooperfibra) é composta por famílias que são responsáveis pelo cultivo de uma área total de 400 mil ha, que são preenchidas pelas culturas de algodão, soja e milho chegando a uma produção de 150 mil toneladas de soja e milho, além de cerca de 15 mil toneladas de plumas de algodão, o que demonstra o potencial desse grupo e a grande importância para a Índia.  Recentemente foi colocado pelo CEO da UPL Global Jai Schroff, que em palestra durante evento realizado pela UPL, reforçou sobre a necessidade de importar alimentos para a Índia devido ao aumento populacional dos últimos anos em seu país e da grande expectativa de migração de pessoas das zonas rurais para os centros urbanos indianos. 

“Durante essa visita pudemos mostrar que a UPL pode proporcionar essa conexão entre Brasil e as oportunidades na Índia para que seja acessado o mercado indiano no curto, médio e longos prazos, visando a abertura do mercado indiano para o produtor brasileiro”, afirma Rogério Castro, CEO da UPL Brasil.

A visita também apresentou a forma como os produtos da companhia são oferecidos pela Cooperfibra. “Temos um amplo portfólio de soluções hoje e, por isso, podemos atender o mercado em várias culturas e em todas as fases das culturas. Nossa presença no campo que já é bem ampla, está sendo ainda mais estruturada para estar presente em uma organização de produtores rurais como a Cooperfibra e, também, ainda mais na vida do produtor. Que daqui possam sair ainda mais frutos para alianças comerciais e outros projetos para o futuro”, finaliza Rogério Castro.

 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Paran Silos