RTRS divulga benefícios da certificação no Congresso Brasileiro de Soja

Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Paran Silos

Terça-feira, 12 de junho de 2018

RTRS divulga benefícios da certificação no Congresso Brasileiro de Soja

A 8ª edição do Congresso Brasileiro de Soja ocorre entre os dias 11 e 14 de junho e reúne um público estimado de cerca de duas mil pessoas, entre produtores, especialistas, estudantes e demais profissionais do setor. Organizado pela Embrapa Soja, é realizado em Goiânia-GO e é considerado o maior evento brasileiro do complexo produtivo da soja.

A Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) está no Congresso representada por Cid Sanches, Consultor Externo da entidade. Na ocasião, ele irá divulgar a certificação RTRS como ferramenta de melhoria nas propriedades rurais em parceria com a Bayer, com objetivo de promover a certificação rural para os clientes da empresa visando à melhoria contínua da cadeia.

A parceria assegura a competitividade dos produtores, por meio do acompanhamento rigoroso do processo de produção agrícola, além de dar apoio e prepará-lo para atender à crescente demanda do mercado consumidor por produtos éticos e responsáveis.

“Apresentarei aos produtores os benefícios da certificação, o conceito de produção sustentável e as vantagens ambientais, sociais e econômicas de aderir ao processo. A RTRS, com seu padrão de certificação de soja transparente e robusto, é o parceiro perfeito para garantir que a soja tenha mínimos impactos sociais e ambientais e não gere desmatamento”, pontua Cid Sanches.

O aumento da demanda por soja responsável é um dos principais incentivos para os produtores ampliarem ainda mais a certificação de suas culturas. Mais de 4 milhões de toneladas de soja certificadas RTRS foram disponibilizadas no mercado em 2017 - um aumento de 900 mil toneladas em relação a 2016. Ou seja, o volume de soja produzido atualmente de acordo com os padrões mais rigorosos, transparentes e holísticos em matéria de certificação ambiental e social aumentou em milhares de toneladas, sem que a produção causasse qualquer desmatamento.

“Temos como missão promover e facilitar a produção, o processamento e a comercialização responsável da soja em nível global e, um dos nossos compromissos, é participar de eventos como o Congresso, que reúnem produtores interessados em desenvolver uma produção economicamente viável, socialmente justa e ambientalmente correta”, comenta.

Sobre a RTRS

Fundada em 2006, a Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS) é uma iniciativa internacional pioneira formada pelos principais representantes da cadeia de valor da soja, como produtores, indústria, comércio, finanças e a sociedade civil. Os atores dessas diferentes áreas se reúnem em torno de um objetivo comum, garantindo o diálogo e a tomada de decisão por consenso. A missão da entidade é promover o uso e o crescimento da produção sustentável de soja e, por meio do Padrão RTRS de Produção de Soja Responsável, aplicável mundialmente, garantir uma produção ambientalmente correta, socialmente adequada e economicamente viável. É hoje o sistema mais confiável e avançado do mercado de soja brasileiro para alcançar a sustentabilidade. Atualmente a RTRS conta com mais de 190 membros dos países do mundo inteiro. Os princípios e critérios da RTRS são considerados um padrão multipartes que garante o Desmatamento Zero na produção de soja responsável. www.responsiblesoy.org/pt.

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Paran Silos