Aftosa: ADAPAR prorroga vacinação até 15 de junho

Site de notícias vinculado ao Sindicato Rural de Guarapuava

Agrichem

Segunda-feira, 04 de junho de 2018

Aftosa: ADAPAR prorroga vacinação até 15 de junho

A agência ressalta também que a dose da vacina é de 5 ml para todos os animais, independente do peso e tamanho

 
 
   O prazo final da Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa (etapa de maio de 2018) foi prorrogado até o próximo dia 15 de junho. A informação foi divulgada, no último dia 30 de maio, pela Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), em seu site na internet. Para estabelecer a medida, a agência publicou, naquela data, sua portaria nº 142. Conforme explicou a ADAPAR, o motivo da decisão é principalmente a paralisação dos caminhoneiros, que afetou a distribuição e venda de vacinas. Com o novo prazo, a agência espera a regularização do estoque de vacina nos revendedores, e que os produtores rurais tenham maior autonomia para a vacinação e a sua comprovação.
 
   Ainda de acordo com a ADAPAR, a prorrogação segue a recomendação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que adotou a medida em todo o País.
 
   Nesta que é a primeira etapa da campanha, é obrigatória a vacinação e a comprovação da vacina de bovinos e bubalinos de zero a 24 meses. No Paraná, estima-se um rebanho de 4,2 milhões de cabeças nessa faixa de idade que precisam ser vacinadas e comprovadas. Confome a Adapar, até o final de maio, houve a comprovação de vacinação de 70% do rebanho envolvido nesta fase.
 
   A agência ressalta também que a dose da vacina é de 5 ml para todos os animais, independente do peso e tamanho. Ao comprar a vacina nas casas agropecuárias, o produtor deve obter a Nota Fiscal de compra da vacina e o Comprovante de Vacinação e Atualização Cadastral. O comprovante deverá ser entregue nas Unidades Locais da Adapar até o dia 15 de junho. A comprovação também pode ser feita pela internet, acessando a página da ADAPAR em www.adapar.pr.gov.br.
 
 
 
 
 
 
 
 
(Foto: AEN)

 

 

 

Comentários

Todos os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Você pode denunciar algo que viole os termos de uso.


Agrichem